fbpx
Entre em contato pelo Telefone(41) 3343-5015

Indústria 4.0: a indústria conectada através da internet das coisas

A internet das coisas é um dos pilares da indústria 4.0 e é fundamental para o seu funcionamento. Conheça como a IoT impacta a Quarta Revolução Industrial.

Indústria 4.0 é um novo conceito de indústria que abrange a aplicação de novas tecnologias nos processos industriais, a fim de aumentar a produtividade e tornar os processos mais eficientes e autônomos.

Também chamada de Quarta Revolução Industrial, esse conceito foi proposto na Alemanha para um programa do governo criado com o objetivo de automatizar a manufatura.

A indústria 4.0 é construída a partir de uma infraestrutura tecnológica, com tecnologias como Big Data, Analytics, realidade aumentada, robôs automatizados e internet das coisas.

A internet das coisas no cenário industrial

Apesar de várias tecnologias comporem a indústria 4.0, a internet das coisas é essencial para sua existência. Mas afinal, o que é a internet das coisas?

A internet das coisas, ou IoT (Internet of Things), é uma rede de objetos físicos capazes de se comunicar através da internet.

Esses objetos físicos estão conectados e se comunicando entre si, através de sensores inteligentes e softwares que transmitem dados para uma rede.

Dentro da indústria, por exemplo, as “coisas” seriam o próprio maquinário industrial. Sensores de temperatura, velocidade, pressão e muitos outros coletam dados e os enviam para um software de gerenciamento industrial.

Esse sistema é responsável por organizar e analisar uma quantidade imensa de dados, os transformando em informações úteis e palpáveis para a gestão da indústria.

Alguns especialistas já chamam essa aplicação de Internet das Coisas Industrial (IIoT – Industrial Internet of Things).

A IIoT é fundamental para a indústria 4.0, pois é a sua aplicação que dá início a vários outros processos.

Benefícios da IoT na indústria 4.0

Em primeiro lugar, a IIoT traz uma maior eficiência operacional para dentro da indústria.

Afinal, ao saber de tudo o que acontece em todas as etapas de produção, é possível otimizar processos e aumentar a produtividade.

Ainda, a IoT aplicada a indústria 4.0 permite a redução de falhas através da manutenção preventiva, detectando pequenos erros no maquinário antes que se tornem problemas maiores.

Além de evitar custos, isso ainda ajuda na prevenção de acidentes e a aumentar a segurança dentro da fábrica.

Desafios da indústria 4.0 e IoT no Brasil

No cenário internacional, a IIoT já está em estágios mais avançados. Já no Brasil, as indústrias estão em processo de modernização faz alguns anos.

Porém, há algumas questões que impactam diretamente a implementação da internet das coisas e da indústria 4.0 no país.

Legislação

No Brasil, ainda não há uma legislação própria direcionada a receber a internet das coisas.

Isso pode ser prejudicial para a implementação da IoT no Brasil, afinal, não há nenhuma padronização de protocolos e interoperabilidade de rede.

Há uma série de leis e normas que influenciam indiretamente em IoT. Ainda assim, a viabilização da internet das coisas no Brasil fica dependente da regulamentação por parte da Anatel e do Congresso Nacional.

Infraestrutura

Para a difusão da IoT na indústria, vários fatores tecnológicos precisam ser levados em conta.

Em primeiro lugar, são necessárias muitas tecnologias complementares para que a IIoT se torne eficaz.

Uma infraestrutura capaz de armazenar e analisar grandes quantidades de dados (Big Data) e processadores de alto nível são apenas alguns exemplos.

Ainda, outro desafio é lidar com a grande demanda de energia de todos os dispositivos conectados da indústria 4.0, o que influencia nos custos de produção.

Por isso, cada vez mais é necessário criar produtos compactos e que consomem menos energia.

Sem contar que todos esses aparelhos somam a grande quantidade de lixo eletrônico gerada no Brasil (cerca de 1,5 milhão de toneladas, apenas no ano de 2017).

Antes de avançar com a difusão da IIoT no país, é necessário achar um destino correto para essa quantidade crescente de resíduos.

Mão de obra qualificada

Com a automação de processos e maquinário na indústria 4.0, há uma demanda maior por uma mão de obra qualificada em IoT.

Dessa forma, o trabalhador precisa de habilidades que o tornem um profissional multidisciplinar capazes de atuar em qualquer segmento da rede IoT.

Porém, para isso, é necessário a criação e adaptação de cursos com o foco em novas tecnologias.

Hoje, os cursos voltados à área de IoT no Brasil ainda são poucos, em geral em nível de extensão e MBAs. O SENAI, ainda, oferece alguns cursos dentro da área.

Mesmo assim, existe no Brasil uma lacuna entre a qualificação necessária dos trabalhadores e a quantidade de cursos ofertados.

Essa é uma ótima oportunidade para universidades e outras instituições desenvolverem cursos com uma abordagem mais integrada de indústria 4.0 e internet das coisas.

Segurança de conexão e informações

Um grande fator que pode dificultar o desenvolvimento da indústria 4.0 é a segurança de dados.

Os ataques cibernéticos se tornaram mais comuns, principalmente com o grande volume de dados gerados e analisados dentro do ambiente industrial.

O vazamento e roubo de informações causa grandes prejuízos para a empresa, além de danos à reputação da mesma.

Por isso, é de extrema importância que se invista em segurança de informações, através da criptografia de dados e autenticação de acessos, por exemplo.

Conectividade

Wi-Fi, rede Mesh, rede de telefonia celular, LoRa, Sigfox… Hoje em dia, há diferentes formas de fazer comunicação M2M para a indústria 4.0.

É possível, ainda, mesclar formas de acesso à internet e criar uma rede híbrida.

Porém, é de extrema importância analisar qual a necessidade da aplicação dentro da indústria e fazer a escolha de conectividade para que essa demanda seja atendida.

Alguns pontos a serem analisados são:

  • Largura de banda;
  • Taxa de transmissão de dados;
  • Disponibilidade na região da indústria;
  • Custo de implementação e manutenção.

Conclusão

A modernização do setor industrial já está acontecendo e novas tecnologias surgem a todo momento.

A internet das coisas e a indústria 4.0 estão gerando inúmeras mudanças na sociedade – sejam elas visíveis ou não.

No Brasil, a difusão dessas tecnologias ainda é recente. Por isso, é necessário ficar sempre atento às tendências e mudanças no cenário nacional.

Categorias: IoT

Smart Grid: saiba tudo sobre as redes elétricas inteligentes!

A evolução da rede elétrica que conhecemos chegou e promete beneficiar toda a […]

Telemetria veicular: muito além de Fórmula 1!

Muito conhecida pela utilização em Fórmula 1, a telemetria veicular tem outras aplicações […]

Novidades na área de telemetria? Saiba antes que todo mundo!

Copyright 2018 | Todos os direitos reservados a Datatem | Política de Privacidade

Associated with 

Scroll Up